homem participando de evento com transmissão ao vivo
| |

4 dicas para suas transmissões ao vivo

No final de todos os anos, faço um jantar com a minha equipe para celebrar as conquistas e a superação dos desafios. Como sempre falo algumas palavras, lembrei de uma dificuldade que tivemos no começo da pandemia e agora é parte do nosso dia a dia: transmissão ao vivo.

Já que conseguimos “virar a chave” e fazer grandes eventos, vou compartilhar com você as práticas que adotamos para fazer lives poderosas.

Planeje sua transmissão ao vivo

Saber o que você deseja transmitir e ter o tema muito bem definido é o primeiro passo. No começo, eu não tinha uma preocupação sobre a profundidade ou a forma que deveríamos abordar os assuntos. Depois que dei maior atenção para isso, as lives das minhas empresas começaram a atrair e reter um público maior.

Segundo um levantamento da TechJury, 43% das pessoas veem um conteúdo atraente como principal motivo para assistir uma transmissão.

Uma decisão que tomei e que me ajudou a desenvolver esses pontos foi contratar uma empresa especializada em eventos online. Outro aspecto importante é pensar o streaming direcionando para a persona do seu negócio. Apesar de empreender em startups do mesmo segmento, cada um tem públicos e objetivos diferentes.

Planejar as lives com essas características individuais fizeram uma grande diferença. Agora, minhas empresas têm eventos online mais assertivos, com roteiros, recursos e linguagem adequados com os objetivos. Colocando na balança, consegui dobrar minha audiência, gerar mais leads e ter mais conversões nos meus eventos online.

Faça uma divulgação envolvente

Vejo a transmissão ao vivo como algo muito vantajoso para as minhas empresas e hoje elas fazem parte do meu planejamento de marketing semestral. De acordo com pesquisa do Neil Patel, 63% das pessoas entre 18 e 34 anos assistem conteúdos ao vivo regularmente.

Boa parte do público dos meus negócios já usa a tecnologia diariamente, então consigo usar as redes sociais para divulgar meus eventos online. Mas na internet existe uma enorme concorrência por atenção.

Uma estratégia que adotamos foi envolver o público na produção do conteúdo da transmissão ao vivo. Faço isso pedindo sugestões de temas e palestrantes, e também interagindo sobre o evento nas redes sociais. Como resultado, conseguimos criar expectativa para o evento e fazer com que o próprio público divulgue as lives.

Outra estratégia que adotei foi a inclusão de influenciadores na divulgação dos eventos. Faço parcerias e investimentos pagos com eles, e isso triplicou o tamanho da minha audiência. Convidar profissionais renomados para participar das lives também ajuda a atrair mais pessoas, já que eles também se mobilizam na divulgação.

Se você já está planejando a sua transmissão, clique aqui que eu te ajudo a desenvolver seu projeto de streaming.

mulher assistindo transmissão ao vivo pelo celular

Priorize uma produção de qualidade

Atualmente, os vídeos ao vivo recebem mais atenção do que os gravados, segundo a Tubular Insights. Por isso, faço transmissões ao vivo recorrentes para divulgar minhas empresas e tem dado muito certo. Muitos pedidos de compra e orçamento são feitos ainda durante nossos eventos online.

Inserir o streaming nas estratégias também me ajudou a entender melhor minhas personas. Como tudo acontece em tempo real, conseguimos interagir com a audiência e pegar feedbacks. Tenho inúmeros insights por causa desse contato direto e muitos clientes elogiam essa proximidade com o público.

Depois de algumas frustrações, aprendi que fazer testes de transmissão com antecedência é fundamental. Já evitei problemas como a instabilidade na internet, baixa qualidade de iluminação ou falhas na captação do áudio com lives de teste. Além de corrigir falhas, elas ajudam a conferir se conteúdo ficará do modo que foi planejado.

Pra mim, esses pontos são importantes principalmente porque as transmissões me trazem boa parte dos meus leads. O mercado que atuo é bastante competitivo, então cada detalhe importa. Assim, consigo manter uma imagem profissional, ser atraente para a audiência e fechar muitos negócios.

Comparando o feedback entre minhas primeiras transmissões e as atuais, hoje tenho uma taxa de conversão duas vezes melhor.

Plataforma personalizada

As primeiras lives que fiz foram nas redes sociais, mas logo no início percebi que precisava de algo mais profissional. Qualquer negócio pode fazer transmissões ao vivo na internet então ter um canal personalizado trouxe um diferencial.

Dois dos principais benefícios de um streaming próprio são a estabilidade e segurança de acesso. Hoje consigo fazer grandes eventos online e receber mais de 3000 pessoas nas minhas transmissões. Sem quedas ou travamentos, e ainda posso medir a adesão da audiência e gerar relatórios de participação.

Além disso, consegui encontrar uma plataforma que me ajuda a envolver melhor o público e gerar mais leads para os meus negócios. Descobri que usar recursos de chat, enquetes, sorteios e gamificação mantém minhas personas por mais tempo na live.

De acordo com a TechJury, 67% das pessoas que assistem uma transmissão participam de eventos semelhantes na próxima vez que acontecerem. Depois que adotamos um canal exclusivo, as pessoas começaram a acompanhar ainda mais nossas lives.

Por conta do ticket médio dos meus produtos e serviços, boa parte dos meus clientes demora meses para fechar uma compra. Por isso, ter uma audiência recorrente nas minhas transmissões ao vivo é fundamental.

Espero que essas ações contribuam para deixar suas lives ainda mais eficazes. Elas me ajudaram a alavancar meus eventos online, que hoje é uma das principais estratégias de marketing dos meus negócios.

Artigos similares